Todas Em Tech Cursos de tecnologia Para Mulheres

Créditos/ Reprodução

Com o objetivo de contribuir para o aumento da  presença feminina no setor de tecnologia da informação (TI), diminuindo assim a lacuna de gênero na área, a Reprograma, startup social paulistana, anunciou a abertura de inscrições para a terceira fase do Todas em Tech (TemT).

O TemT é um projeto que visa ensinar programação para mulheres em vulnerabilidade. Assim, ele é voltado preferencialmente a mulheres negras, transexuais e travestis. Ao todo, serão 720 vagas em cursos gratuitos e online (EAD). Além disso, todos os cursos oferecem certificados ao fim.

Amazonas: Cetam vai oferecer mais vagas e cursos em 2022

Com efeito, haverá oficinas que irão selecionar 120 mulheres para formarem três turmas do programa Todas em Tech.

O objetivo do Todas em Techo é o de de impactar 2,4 mil mulheres até o final de 2022. Dessa maneira, o programa irá destinar cerca de, no mínimo, 55% das vagas para mulheres negras e, no mínimo 5% para mulheres trans e travestis. Dessa forma, há um objetivo de se promover inclusão social através da formação de quadros em tecnologia com maior diversidade de gênero.

Dentro desse número total de participantes, 400 mulheres serão formadas como desenvolvedoras front-end e back-end. Trata-se de um dos mercados que mais emprega, atualmente, no Brasil.

Sobre o programa

A fundadora {da Reprograma}, Mariel Reyes Milk, declarou que o objetivo para 2022 é se conectar principalmente com o público feminino do Norte e Nordeste. Segundo ela, “essas regiões, infelizmente, já são desprovidas socialmente de oportunidades. Nosso foco é gerar oportunidades de carreira para meninas e mulheres que sonham em ter uma chance e para aquelas que se conectam diariamente com a área de tecnologia”, explicou. 

Assim, o programa visa empoderar e capacitar mulheres em vulnerabilidade também considerando as várias desigualdades regionais no Brasil.

Entre os apoiadores da iniciativa estão o BID LabLaboratório de Inovação do Grupo Banco Interamericano de Desenvolvimento, Accenture, Creditas, Easynvest, Meta (antigo Facebook), iFood e Nubank.

Ao longo dos dois anos de atuação do TemT, serão aplicados para o desenvolvimento educacional dessas mulheres cerca de R$4 milhões.

Como se inscrever?

As inscrições devem ser feitas diretamente no site Todas em Tech, pelo link www.reprograma.com.br/todas-tech/.

Na inscrição, as interessadas deverão enviar um vídeo de até um minuto de duração. Cabe ressaltar que as mulheres trans e travestis que não se sentirem confortáveis em enviar vídeos podem enviar áudios. 

Check Also

Nave Do Conhecimento Cursos Abertos RJ

Prefeitura Do RJ Tem Vagas Em Cursos Gratuitos Online Pela Nave Do Conhecimento

A Prefeitura do Rio de Janeiro, juntamente com a Secretaria da Pessoa com Deficiência e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *